sábado, 23 de julho de 2016

Não há...

Não há mar que apague o vazio que levo no peito,
Não há cheiro a maresia, que explique a vantagem do que foi conquistado, face à imensa perda,
Não há céu azul, limpo de impurezas, que devolva a confiança que depositei,
Não há paraíso que reponha a estabilidade, que houvera conquistado,
Não há nada pior, do que não conseguir deixar de sentir um imenso frio na alma...
Não, não há...

Esmy 

8 comentários:

  1. Mas há uma imensidão de amor de pessoas fantásticas assim como eu a dizerem o quanto fantástica, linda e charmosa tu és!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És sempre uma querida! Obrigada pelo carinho. Beijinho

      Eliminar
  2. Entre a estabilidade e viver no fio da navalha, não sei onde pára a felicidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não, mas uma coisa é certa, prefiro a solidão estável. Estou saturada de me cortar... Beijinho

      Eliminar
  3. Dizem que a a reia exfoliante, e é, é o meu exfoliante... Exfolia-te e diz: xô demooooooooooooo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, só tu para me fazeres rir! Beijinho

      Eliminar
  4. Que o calor que se faz sentir inunde o teu coração e o aqueca..
    beijinhos
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar