quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Desabafo

Hoje passei-me, confesso. Tive um daqueles momentos, em que me apeteceu fazer umas acrobacias de alto nível artístico, com uns movimentos sincronizados, cujo efeito final seria fazer desaparecer o indivíduo, que deve ter estudado profundamente, como irritar uma mulher, prestes a terminar mais um dia de labuta. 

Pois é, ninguém merece, estar bem disposta, a concretizar os seus objetivos e ser interrompida por um  alucinado que queria, porque queria, colocar como domicílio, " um viaduto debaixo da ponte "! 

Eu não acho normal, sinceramente! Decididamente, a nossa saúde mental anda nas ruas da amargura e  se nada é feito e rapidamente, quem acaba mal, somos nós, os desgraçados, que inadvertidamente nos cruzamos com estas almas!

Pronto, desabafei e já contei até 10 :)

Esmy 

14 comentários:

  1. E tu é que te ris no meu blog? Que faço eu então ao ler que um gajo quer dizer que mora no rés-do-chão elevado, n.º 12 da Ponte da Arrábida? Priceless! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh, fazes o mesmo! Ris-te, ou então fazes um salto mortal encarpado :P

      Eliminar
  2. Sem comentários que doidos.
    Beijinho grande Antonieta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh, agora já me rio, mas na altura só me apetecia sei lá o quê :) Beijinhos

      Eliminar
  3. Oh meninas, se eu me pusesse para aqui a desbobinar as coisas que tenho ouvido nos meus dias de labuta...ás vezes dou um murro na mesa, outras vezes escangalho-me a rir!

    ResponderEliminar
  4. Acredito que sim, mas hoje foi demais! Qualquer dia escrevo um livro com as histórias que vou apanhando :)

    ResponderEliminar
  5. Hilariante!!
    Ele há com cada uma!!!
    Gostei do que li por aqui!! Vou passar a ser assídua :)

    ResponderEliminar
  6. É mesmo :) Obrigada, seja bem-vinda!

    ResponderEliminar
  7. Gente que vive debaixo de uma pedra e não anda, rasteja!

    ResponderEliminar