sábado, 3 de setembro de 2016

Falhar

Falhar é certamente uma das realidades humanas, que encaramos com maior medo.

Ninguém está preparado para falhar, seja consigo mesmo, seja com os outros, no entanto falhar é muitas vezes a única via para o crescimento interior, mesmo que tal experiência implique sofrimento, ardor na alma, revolta e até negação.

Com o tempo percebemos o quanto somos pequenos, impotentes e até ingénuos nas escolhas que levamos a cabo, percepcionando tarde demais que poderíamos evitar algumas agruras, se usássemos com sabedoria a nossa inteligência emocional.

Não é menos verdade, que somos detentores desse poder, o qual descuramos em momentos determinantes, por estarmos demasiadamente centrados no acessório.

Desejamos ser felizes, muitas das vezes a qualquer custo, sem escutarmos o coração, a vida nas suas ardilosas armadilhas, que encerram o nosso destino e nos encobrem os olhos, já desatentos e deslumbrados com aparentes sensações, que mais não passam de ilusões.

Esmy 

16 comentários:

  1. E se o tempo vai passando e a fragilidade humana fica cada vez mais a descoberto, maior é a probabilidade de continuarmos a falhar. Há que saber fazer uma pausa interior para distinguirmos o que é relevante do que é dispensável ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! Falhar é humano e acima de tudo educativo, quando estamos dispostos a enfrentar os nossos passos. Pausas interiores são fundamentais ao longo da vida...

      Eliminar
  2. Se calhar, se não tivéssemos tanto medo de falhar, fazíamos mais coisas boas :)

    ResponderEliminar
  3. Concordo com a estudante menos medo e arriscar mais!

    ResponderEliminar
  4. Eu também! Falhar é inevitável, mas arriscar faz-nos sentir vivos :)

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Pois gastamos, mas também faz parte do percurso... Bem vindo de volta:)

      Eliminar
  6. Falhar faz parte, o importante é reconhecê-lo, tomá-lo como lição, crescer e seguir em frente :)

    ResponderEliminar
  7. Saber conviver com a falha é o primeiro passo para a felicidade plena. Porque aceitamos que não somos perfeitos, não negando a falha e, sobretudo, aprendendo com ela.
    Aceitar a falha permite, ainda, uma coisa muito importante: a possibilidade de reparação ;)

    ResponderEliminar
  8. Completamente de acordo. É duro admitirmos que falhamos, mas o primeiro passo para a realização e crescimento pessoal passa sem dúvida pelo reconhecimento da mesma. Obrigada pela visita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela recepção! Vou ser visitante assíduo ;)

      Eliminar
    2. Mais uma vez obrigada e serás sempre bem vindo :)

      Eliminar